healthcare

Mercado de healthcare no Brasil: 9 tendências e perspectivas para o futuro

14 min. de leitura

O mercado de healthcare no Brasil teve o seu crescimento e transformações acelerados durante a pandemia de Covid-19. Antes da crise sanitária mundial, o setor já movimentava mais de R$ 117 bilhões ao ano. O forte impacto do novo coronavírus nos serviços de saúde aumentou a procura por soluções tecnológicas capazes de dar mais agilidade, qualidade e suporte ao atendimento médico.

Esse cenário ampliou os desafios de hospitais, clínicas médicas, laboratórios e unidades de saúde em geral para ampliar a capacidade de atendimento sem perder a qualidade.

Empresas também se viram desafiadas a expandir os cuidados com a saúde de seus colaboradores.

A aplicação da tecnologia nos serviços de saúde contribui para a inovação no setor, principalmente quando falamos em agilidade e ampliação de atendimento. Para isso, é importante que profissionais de gestão como diretores e proprietários de clínicas se atualizem sobre os impactos das mudanças e as tendências do mercado de healthcare.

healthcare

9 tendências para o mercado de healthcare no Brasil

Aqui no Brasil o investimento na área da saúde, que corresponde a 9,2% do Produto Interno Bruto, segundo IBGE, não é suficiente para sanar os gargalos de atendimento. E a pandemia da Covid-19 comprovou a urgência em investir mais e com qualidade nesse serviço essencial.

Essa deficiência no atendimento reforça a necessidade de inovação no setor de healthcare, com aplicação de tecnologias de ponta e um olhar atento às mudanças de comportamento e da sociedade.

Outro desafio é se manter atualizado e competitivo no mercado, se apoiando no uso da tecnologia baseada em dados e no seu grande volume de informações. É o tratamento inteligente desses dados que viabiliza o acesso a informações úteis para tomada de decisão e para aperfeiçoar o ecossistema da saúde.

Veja a seguir 9 tendências do mercado de healthcare.

1. Pacientes mais familiarizados com a tecnologia na área da saúde

Como já falamos, a pandemia de Covid-19 acelerou o uso da tecnologia na área da saúde. E a necessidade do uso de recursos de atendimento remoto contribuiu para que os pacientes tivessem um melhor entendimento dos benefícios das soluções tecnológicas.

Há um considerável aumento da procura por tecnologia aplicada nos cuidados com a saúde, com o uso de aplicativos que monitoram atividades físicas e de teleconsulta, por exemplo. E pesquisas – como a da Capterra – mostram bem essa nova percepção e o crescimento da procura por  dispositivos relacionados à saúde:

O fator agilidade é o maior benefício da inteligência artificial para 59% dos entrevistados.
O mesmo percentual ( 59%) acredita que a adoção de ferramentas alimentadas por Inteligência Artificial é importante para melhorar a experiência dos pacientes.

2. Integração de dados do paciente entre sistemas

Conectar diferentes sistemas integrando os dados dos pacientes, como o histórico clínico, facilitando a troca de informações entre as redes de saúde é uma forte tendência em hospitais e clínicas.

Softwares inovadores que possuem integração com outros sistemas, como da Portal Telemedicina, permitem ao médico acessar exames e todo o histórico de atendimento do paciente com uma visão mais ampla.

Desta forma, é possível disponibilizar atendimento médico imediato com uma visão 360º do paciente, gerando assim, mais segurança e assertividade no diagnóstico.

3. Nova regulamentação

Com o uso de novas tecnologias e modalidades de atendimento, há necessidade de novas  regulamentações na área da saúde. E o ano de 2020 já trouxe alguns avanços nessa área.

Para dar uma resposta urgente ao combate da Covid-19,o uso da telemedicina no país teve sua ampliação regulamentada em março de 2020.

Leia mais: CFM libera atendimento médico a distância para combater Covid-19

Com isso, somou-se às modalidades já exercidas na telemedicina, os seguintes tipos de atendimento:

A teleorientação que permite o médico atender a distância para orientação e encaminhamento de pacientes em isolamento;

O telemonitoramento que possibilita, sob supervisão médica, o monitoramento remoto dos padrões de saúde e/ou doença;

O formato de teleinterconsulta, permitindo a troca de informações e opiniões exclusivamente entre médicos, para auxílio diagnóstico ou terapêutico.

4. Soluções de teleconsulta

Liberada em março de 2020 pelo CFM, a teleconsulta consiste na possibilidade de realizar uma consulta médica de forma remota, por meio de tecnologias seguras de comunicação online, como videoconferência ou aplicativos de vídeo-chamadas, utilizando computadores, tablets ou smartphones para a função.

A teleconsulta cumpre um papel importante no atendimento de casos preventivos e situações leves, evitando que o paciente tenha de se deslocar até centros de pronto-atendimento para resolver situações como uma dor de garganta.

Um exemplo de solução de teleconsulta é o SOS Portal, que permite atendimento médico à distância para pacientes em todos os estados brasileiros.  Hoje, empresas têm usado esse tipo de solução para oferecer acesso à saúde aos seus colaboradores.

Saiba mais: Conheça a solução de Teleconsulta da Portal Telemedicina 

5. Teleinterconsulta

A telemedicina  se consolida cada vez mais como uma ferramenta para as clínicas médicas ampliarem sua produtividade com segurança, qualidade e redução de custos. Também é uma aliada dos profissionais de saúde para diagnósticos mais precisos.

Seu uso impacta positivamente na rotina de atendimento dos pacientes, trazendo benefícios para clínicas e hospitais com a otimização de processos.

Leia também: Teleconsulta, telemedicina ou telediagnóstico: qual a diferença? 

Além da teleconsulta, citada anteriormente, outra modalidade que se consolidou é a teleinterconsulta, que possibilita ao corpo clínico contar com uma rede de apoio formada por médicos de diversas especialidades que atendem em outras instituições e regiões. São situações, como por exemplo, em que o médico precisa de uma segunda opinião no diagnóstico ou orientação em tempo real durante um procedimento até indicação de outro medicamento .

6. Laudos à distância

Outra frente da telemedicina que vem ganhando espaço nas redes de atendimento à saúde é a emissão de laudos à distância. Por meio do telediagnóstico, é possível realizar o exame remotamente e obter o laudo de médicos conectados à internet, facilitando o acesso aos melhores especialistas do Brasil.

Para as clínicas é uma solução que otimiza recursos e amplia sua carteira de atendimento, já que é possível fazer uso da tecnologia seja qual for sua estrutura.

A transmissão dos dados é feita automaticamente dos aparelhos médicos para a central de telemedicina. Em caso de uso de equipamentos analógicos existem sistemas como da Portal Telemedicina que fazem a integração dos dispositivos por meio da internet das coisas (IoT).

Hoje a solução da Portal possui comunicação com 90% do total de aparelhos médicos instalados atualmente no Brasil. E se a rede hospitalar não dispor de equipamento adequado para realização de exames, tem a comodidade de alugar conforme sua necessidade diretamente com a Portal Telemedicina.

Com a solução de telelaudo da Portal os exames são realizados pelas clínicas e enviados diretamente do aparelho para a nuvem da Portal e, assim, laudados por médicos especialistas em até 24 horas.

Em casos em que há urgência, o laudo retorna em poucos minutos, possibilitando com o breve diagnóstico a celeridade no início do tratamento do paciente.

Entre os exames disponibilizados estão: Espirometria, Holter, Mamografia, Tomografia, Ressonância Magnética, entre outros.

laudo online - healthcare

7. Uso de Inteligência Artificial para apoio em diagnósticos

Clínicas e hospitais com culturas digitalmente mais maduras conseguem obter bons resultados a partir do uso da tecnologia em sua gestão. Soluções para ganhar mais agilidade e assertividade em laudos de exames são potencializadas por meio da inteligência artificial (IA) que possui a habilidade de calibrar sua leitura a partir da análise de grandes volumes de dados.

A Portal Telemedicina, por exemplo, criou uma solução eficaz que faz o cruzamento e leitura de sua ampla base de dados, por meio da IA e machine learning, para o treinamento dos algoritmos que detectam doenças com 90% de precisão.

Com uma ampla base de dados, modelos de inteligência artificial e os algoritmos de machine learning conseguem identificar quando há alteração no resultado de um exame em tempo recorde.

Ao sinalizar nódulos milimétricos que o olho humano muitas vezes não consegue identificar, os algoritmos de inteligência artificial funcionam como um suporte importante para o diagnóstico médico e para a detecção precoce de algumas doenças, como o câncer.

Quanto mais informações são recebidas pela máquina, melhor será a leitura dos dados e, consequentemente, a detecção de doenças pelos médicos. A partir desse modelo, a Portal Telemedicina treinou seus algoritmos para detectar Covid-19 em exames de imagem com 95% de acurácia.

O algoritmo foi desenvolvido para identificar possíveis sinais de coronavírus em exames de Raios-X e Tomografias. Com objetivo de priorizar casos mais graves e iniciar o tratamento imediatamente, é feita uma varredura nos exames avaliando alterações e sinalizando para os médicos em até 10 minutos os casos suspeitos.

Essas soluções disponibilizadas pela Portal Telemedicina são mais um braço de apoio para os médicos, agilizando a rotina dos atendimentos nas clínicas.

Saiba mais: Inteligência Artificial na saúde: soluções, possibilidades e tendências23 de novembro de 2020 

8. Crescimento das Health Techs

Com tantas transformações digitais demandadas pelas mudanças atuais, a força do mercado de health tech contribui significativamente para otimizar estratégias, por meio de soluções focadas no atendimento mais acessível e seguro das redes de saúde.

Esse crescimento está atrelado à procura de hospitais, clínicas e laboratórios que recorrem às empresas de tecnologia para criar soluções que atuam na prevenção, detecção e tratamento de doenças e otimizar suas estratégias de gestão.

O setor está em expansão e apostando em novas ferramentas. Dados do Distrito Health Tech Report apontam que existem mais de 540 startups de healthcare no Brasil buscando solucionar múltiplos desafios no setor.

Confira também: Conheça 21 tendências da telemedicina para 2021 

9. Ciência de dados e análise preditiva

Com acesso mais fácil às soluções tecnológicas e softwares descomplicados, a análise preditiva vem ganhando protagonismo em empresas que buscam competitividade no mercado.

Como vimos anteriormente, os diagnósticos estão mais precisos com o apoio da inteligência artificial e isso abre um caminho para a atuação da medicina preventiva. Com dados preditivos é possível se antecipar aos riscos prévios de uma doença e monitorar o paciente atuando com tratamento precoce ou preventivo, o que em muitos casos é fator decisivo para cura.

Outro caminho para os profissionais de saúde é buscar insights mais profundos em casos de pacientes com doenças crônicas, fazendo uso do cruzamento de informações de dados quantitativos ou qualitativos realizando uma análise a partir de uma visão holística do paciente.

healthcare

Portal Telemedicina ajuda sua empresa a acompanhar as tendências do mercado de healthcare

De modo geral, todas as tendências citadas aqui apontam para a necessidade de adequação e modernização do setor. Clínicas, hospitais, laboratórios e demais negócios da área da saúde precisam buscar formas de se adequar aos novos cenários do mercado de healthcare e investir em tecnologia para atender melhor os seus pacientes.

Nesse contexto, também é fundamental buscar parceiros e fornecedores de confiança e utilizar tecnologia de ponta oferecida por uma empresa reconhecida no mercado por sua excelência, como é o caso da Portal Telemedicina:

A Portal Telemedicina foi considerada Top 10 de empresas do mundo na área de telemedicina pela revista norte-americana Healthcare Tech Outlook.

Também foi eleita em 2019 pela ONU uma das 10 empresas do mundo para acelerar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis de 2030 (ODS).

O programa Accelerate 2030, realizado pelo Impact Hub e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) reconheceu a Portal Telemedicina por seu potencial de impacto e solução inovadora para melhorar a saúde no mundo.

Ou seja, se você deseja que o seu negócio acompanhe as tendências do mercado de healthcare, conheça as soluções inovadoras do Portal Telemedicina para os serviços de saúde.