Inteligência Artificial na saúde: soluções, possibilidades e tendências

7 min. de leitura

A capacidade de analisar uma massa infindável de dados e aprender com eles faz da Inteligência Artificial uma tecnologia de múltiplas aplicações. Soluções inovadoras baseadas em IA (Inteligência Artificial) já fazem parte do nosso cotidiano. Elas nos ajudam a escolher as melhores rotas nos aplicativos de trânsito, a personalizar nossas buscas na internet, a monitorar o mercado de ações, a fazer compras online, a cuidar da nossa saúde, etc. 

A medicina, por sinal, é uma das atividades humanas que mais têm se beneficiado da inteligência artificial. A acuracidade em diagnósticos é uma das muitas aplicações resultantes da equação básica da IA, que consiste em big data + modelos de dados eficientes + computação em nuvem = máquinas inteligentes. 

Para profissionais de saúde, a IA já impacta as rotinas de trabalho de diversas maneiras. É usada, por exemplo, para priorizar as filas de atendimento, ajudando os profissionais a identificar achados clínicos em exames, a selecionar melhores tratamentos, e a produzir alertas de casos que exigem atenção, prevendo demandas no uso de recursos (medicamentos, leitos, etc). A Inteligência Artificial também é fundamental na medicina baseada em evidência, pois analisa montanhas de dados clínicos que humanos não conseguem processar.

Soluções que permitem o uso da Inteligência Artificial na saúde

Vamos pontuar a seguir algumas possibilidades da IA na saúde, sobretudo aquelas com maior potencial de contribuição para a excelência dos cuidados médicos prestados por clínicas, hospitais e profissionais.

  • Pode ser utilizada em todos os níveis de atenção (primária, secundária ou terciária) por centros de saúde, upas e hospitais, por exemplo;
  • Pode ser utilizada para prevenção (primária, secundária, terciária e quaternária). Exemplos: seleção de grupos de pacientes para aplicação de vacinas, detecção precoce de doenças, como o câncer de mama, e prevenção da instalação de comorbidades em pacientes internados, além de evitar a aplicação de intervenções desnecessárias;
  • Pode ser utilizada a nível epidemiológico por secretarias de saúde municipais, de estado e federais para criação de protocolos de saúde, ou ações de investimento.

Leia também: Portal Telemedicina lança Inteligência Artificial para detectar Covid-19 em exames de imagem 

Benefícios que a IA oferece para clínicas e hospitais

Entre os benefícios que a inteligência artificial traz para clínicas e hospitais, podemos citar:

  • Otimização de recursos, como o uso de leitos;
  • Detecção de fraudes, como o receitamento indevido de medicamentos;
  • Indicação de linhas de cuidado, como na  recomendação de tratamentos oncológicos;
  • Monitoramento do paciente: sinais vitais podem ser checados remotamente através da câmera do celular, por exemplo;
  • Detecção de patologias em exames;
  • Prevenção de complicações, evitando, por exemplo, que o paciente sofra de infecção generalizada;
  • Priorização de pacientes e consequente redução do tempo de espera em atendimentos  de casos graves;
  • Otimização do trabalho dos profissionais de saúde;
  • Redução de erros humanos, a IA pode, por exemplo, ajudar radiologistas a encontrar nódulos ainda não visíveis a olho ou, ou classificá-los como malignos ou benignos;
  • Redução de custos: com a redução de comorbidades, otimização de uso de recursos, redução de perdas de medicamentos/vacinas por validade.

Principais tendências da Inteligência Artificial na saúde

Embora o termo Artificial Intelligence tenha sido cunhado na década de 1970, a tecnologia ganhou força de fato no terceiro milênio, e desde então tem avançado em ritmo veloz. Para o futuro, a principal tendência no momento é a detecção de achados em exames médicos. 

O próximo estágio será a análise multimodal de exames e dados clínicos. Já na seleção de linhas de tratamento as perspectivas mais promissoras dizem respeito à medicina baseada em desfecho e à medicina personalizada.

Saiba mais: Healthcare Talks: evento da Portal Telemedicina com o Google Cloud abordou a tecnologia na saúde e o futuro da telemedicina 

Inteligência Artificial auxilia no diagnóstico de Covid-19

Um ponto em comum entre a Inteligência Artificial e a pandemia do coronavírus é que ambas, por motivos bem diferentes, têm sido descritas como aceleradoras de futuros. E acelerar foi justamente o objetivo da Portal Telemedicina ao lançar um modelo de IA que torna mais rápido o processo de diagnóstico de pacientes com suspeita de Covid-19.

O modelo de IA Covid-19 da Portal Telemedicina, desenvolvido por seu time de engenheiros, é um dos mais de 30 algoritmos de detecção automática de patologias que a empresa desenvolveu ao longo da sua trajetória em exames de imagem, capazes de ajudar a agilizar o processo de diagnóstico e o correto tratamento das emergências. 

Entre as soluções desenvolvidas pela Portal Telemedicina em parceria com o Google Cloud estão, por exemplo:

  • Sistema de detecção de achados em exames: com as IAs feitas junto à Google, pacientes com problemas tempo-críticos (como por exemplo infarto agudo do miocárdio) são atendidos mais rapidamente e sobrevivem 40% mais.
  • Tela de análise de justiça: permite que as IAs funcionem de forma igualitária para todos os tipos de pacientes, independentemente de etnia, gênero e idade.

Conclusão

Em resumo, a adoção de inteligência artificial traz inúmeras contribuições para a área da saúde, sendo um grande auxílio para ampliar e agilizar a capacidade de atendimento de pacientes e atuar na prevenção e tratamento de doenças.

A IA já está promovendo grandes mudanças na maneira como as coisas funcionam e no modo como pessoas e empresas se relacionam com a tecnologia. De forma muito mais rápida, intuitiva e inteligente, os processos dotados de IA são capazes de interpretar dados buscando respostas para os mais diferentes problemas e questionamentos  impactando positivamente e empoderando médicos e profissionais da saúde a se dedicarem a funções 

Ficou interessado em saber mais sobre o tema? Converse com um dos nossos consultores para saber como otimizar resultados na sua clínica com a adoção de IA na Saúde.