O crescimento da saúde ocupacional no Brasil nos últimos anos foi acompanhado pelo aperfeiçoamento de tecnologias que transformaram o setor, como os serviços de telemedicina. A geração dos laudos online por especialistas à distância reduz o tempo para identificação e diagnóstico de doenças, viabiliza a ampliação das modalidades médicas para o atendimento e ainda apresenta melhor custo-benefício para as  unidades de saúde. No artigo de hoje faremos uma breve contextualização da telemedicina no País e iremos abordar as diferentes modalidades de laudos online que podem ser realizados via telemedicina nas clínicas de saúde ocupacional, indicando os principais exames aplicados pelos profissionais de saúde.

O surgimento mundial dos serviços de telemedicina está associado ao desenvolvimento das redes de comunicação via internet a partir da década de 60. No Brasil, os primeiros atendimentos médicos à distância foram registrados a partir dos anos 90. A dissertação “Telemedicina: análise da sua evolução no Brasil” da pesquisadora Sumaia Georges El Khouri descreve que a cardiologia foi a primeira modalidade a realizar consultas à distância, a partir do envio dos exames por fax para especialistas.

Em 2000, com a explosão do uso da internet, outros tipos de exames à distância passaram a ser realizados no Brasil, expandindo também os serviços de telessaúde. De lá para cá, o número de especialidades médicas atendidas a partir dos laudos online foi expandido, disseminando também o acesso à saúde em áreas afastadas no Brasil.

Doenças ocupacionais e o aumento da demanda nas clínicas

O desenvolvimento industrial registrado no Brasil nas últimas décadas ampliou o número de trabalhadores registrados legalmente em grandes e pequenas empresas, desempenhando diferentes atividades manuais e intelectuais. O Manual de Doenças Relacionadas ao Trabalho, publicado pelo Ministério da Saúde em 2001, indica que com a implementação  de novas máquinas e a utilização de ferramentas digitais, cresceram também as doenças e acidentes do trabalho no país.

Em 1943, durante o governo de Getúlio Vargas, foi criada a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) que estabelece direitos para proteção dos trabalhadores contratados. No artigo Conheça as principais portarias e legislações sobre laudo ocupacional, apresentamos normas que regulam e obrigam a realização de exames médicos para admissão, demissão e acompanhamento ao longo da jornada de trabalho (exames periódicos).

Esses testes e avaliações são realizados com profissionais de todas as áreas, gerando uma demanda de diferentes exames, dadas às condições e fatores de risco de cada setor. O Anuário de Saúde do Trabalhador, publicado em 2016, indica que em 2013 houve o atendimento de 15.226 casos de  doenças ocupacionais no país. Destes, as atividades que tiveram maior registro foram da indústria de transformação (fábricas de máquinas, alimentos, celulose, produtos químicos, metalurgia e outros) com 6.015 notificações, e o setor de serviços (comércio de veículos e combustíveis, transporte e armazenagem, intermediários financeiros, serviços prestados às empresas e outros) com 7.702 casos.

Entre as principais doenças ocupacionais desenvolvidas por esses profissionais estão:

    • Lesão por Esforços Repetitivos (LER) ou Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT)
    • Doenças Infecciosas e Parasitárias
    • Neoplasias (Tumores)
    • Doenças do Sangue e dos Órgãos Hematopoéticos
    • Doenças Endócrinas, Nutricionais e Metabólicas
    • Transtornos Mentais e do Comportamento
    • Doenças do Sistema Nervoso
    • Doenças do Olho
    • Doenças do Ouvido
    • Doenças do Sistema Circulatório
    • Doenças do Sistema Respiratório
    • Doenças do Sistema Digestivo
    • Dermatoses
    • Doenças do Sistema Osteomuscular e do Tecido Conjuntivo
    • Doenças do Sistema Gênito-Urinário

Para cada uma dessas doenças são aplicados diversos exames que, com os avanços tecnológicos dos serviços de telemedicina, podem receber laudos online e diagnósticos à distância.

Laudos online viáveis na saúde ocupacional

A primeira modalidade de exame realizada via distância no Brasil foi o eletrocardiograma, que continua sendo um dos principais testes solicitados nas clínicas de saúde ocupacional. Com os serviços de laudos online, as análises de ritmo cardíaco registradas no ECG ganham mais agilidade, conforme abordado no artigo Como a telemedicina pode otimizar a realização de ECG com laudo.

No artigo Conheça quais exames podem obter laudo remoto, apresentamos algumas modalidades de exames que já foram realizadas no Brasil, como:

    • Dermatologia: seguindo um protocolo específico e com o uso de máquinas fotográficas, são feitas fotografias de lesões e possíveis dermatoses dos pacientes. As imagens são enviadas a médicos especialistas que analisam os arquivos e geram os laudos online. Em Santa Catarina, essa é uma das principais modalidades do Sistema de Telemedicina e Telessaúde do Sistema Único de Saúde (SUS).
    • Eletroencefalograma: com o uso de um aparelho digital, conectado por eletrodos ao couro cabeludo, são captadas as atividades elétricas cerebrais do paciente. Para prover os laudos online, o EEG gera um arquivo, que pode ser enviado automaticamente para análise de um médico especialista via internet. O resultado é entregue em poucas horas às unidades de saúde, que tem uma redução de gastos na contratação de médicos e armazenamento físico dos exames.
    • Espirometria: exame comum aplicado para trabalhadores que realizam atividades em lugares com insalubridade ou poluição. Também chamado de “teste do sopro”, é realizado com o uso de um espirômetro digital, que gera uma imagem com a indicação da força de sopro do paciente. Com os serviços de telemedicina, essa imagem é enviada por um sistema digital de forma facilitada a um especialista.
    • Raio-X: um dos exames mais aplicados em saúde ocupacional, dado o número de lesões, ferimentos e acidentes do trabalho. Com o uso de aparelhos integrados ao sistema de telemedicina, são gerados arquivos digitais que tendem a substituir totalmente a impressão das radiografias. Com o uso da telemedicina, essa demanda é atendida rapidamente, gerando ainda economia de tempo e recursos às unidades de saúde.
    • Tomografia e Mamografia: Da mesma forma que a realização do Raio-X, os exames de tomografia e mamografia comumente realizados por radiologistas podem ser laudados de forma digital. Ambos os exames são comuns na saúde ocupacional, na investigação de doenças causadas pelas atividades trabalhistas. As mamografias são solicitadas especificamente em casos de exposição a situações de riscos ou pela idade da mulher.
    • Acuidade Visual: esse exame avalia possíveis desgastes de visão e a capacidade de enxergar com nitidez. O teste é realizado normalmente no momento da admissão do trabalhador, podendo inclusive detectar a inaptidão para determinadas atividades. Por meio de equipamentos e laudos online, integrados com serviços de telemedicina, também podem ser diagnosticadas doenças geradas pelo desempenho de atividades trabalhistas.
    • Mapa (Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial): exame de acompanhamento da pressão arterial durante 24 horas. A avaliação é realizada a partir de um dispositivo digital que fica conectado a cintura do paciente, e uma braçadeira que mede o ritmo cardíaco a cada 20 minutos. Os resultados dos exames são enviados ao médico especialista, que faz os laudos digitais e encaminha novamente à unidade de saúde.
    • Holter: assim como o ECG, o Holter é um exame de acompanhamento dos batimentos cardíacos do paciente, mas com a duração de 24 horas. Para a realização do exame são conectados eletrodos ao corpo, que transmitem os dados à um dispositivo digital. Posteriormente, as informações são encaminhadas aos profissionais que realizam o laudo à distância. De acordo com dados publicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2016 as doenças cardiovasculares mataram mais de 17,5 milhões de pessoas, sendo também uma das enfermidades agravadas por más condições de trabalho.
    • Ressonâncias magnéticas: exame realizado na investigação de fraturas, lesões ou doenças cerebrais como tumores. O paciente é inserido em um câmara onde são feitas imagens de alta definição do interior da região analisada. Essas imagens são enviadas aos radiologistas que geram os laudos digitais.

Além da geração de laudos online com segurança e velocidade, as  vantagens do uso do sistema da telemedicina são: redução de custos, proteção de arquivos e ampliação das modalidades de atendimento. No artigo Como montar uma clínica de saúde ocupacional, falamos sobre os primeiros passos para a implantação desses serviços que tem crescido e se aprimorado em todo o mundo.

Se você ficou com alguma dúvida, deixe seu comentário para que possamos solucionar o seu problema. Acompanhe os nossos artigos e conheça mais sobre tecnologias na área da saúde. Nós, da Portal Telemedicina, oferecemos um teste gratuito dos serviços de laudos online das principais modalidades de exames realizadas nas clínicas de saúde ocupacional. Além da segurança no armazenamento dos arquivos gerados, entregamos os resultados em até 24 horas. Experimente!


Imagens
Projetado pelo Freepik
Projetado pelo Freepik
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2016 © Copyright - Portal Telemedicina Por Vitalweb

Entre em contato TEL: (11)2538-1455 | (11)2476-5710