O que é um laudo médico e como fazer

10 min. de leitura

modelo de laudo médico

O laudo médico é um documento assinado por um especialista em que o profissional descreve os elementos encontrados em um exame, observando as características de normalidade ou alterações existentes. A emissão destes documentos é uma das principais atividades de clínicas e hospitais que realizam exames diariamente. Otimizar este processo, tendo um modelo de laudo médico que garanta um bom fluxo na operação e no padrão de atendimento é fundamental para os negócios da saúde.

A entrega do documento varia de acordo com cada clínica: o prazo pode ser maior ou menor, dependendo do número de médicos disponíveis  para laudar os exames, assim como a precisão das informações, que está ligada à experiência dos especialistas designados para esta função e o correto preenchimento dos dados.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância da padronização dos laudos nas clínicas, oferecendo agilidade e qualidade na avaliação dos exames. Também trataremos sobre a possibilidade de  adotar um modelo de laudo médico personalizado, um diferencial junto aos clientes.

O que é laudo médico

Conforme mencionado anteriormente, o laudo médico é um dos registros mais utilizados na medicina. Trata-se de um documento formal que transcreve, em termos técnicos, o resultado dos exames médicos realizados.

Nele, o médico aponta a descrição dos elementos encontrados na avaliação, que podem ser normais ou alterados, de acordo com cada tipo de exame e os padrões das sociedades médicas.

Esse documento é o meio formal onde consta, tanto para o paciente quanto para o médico que realizou a consulta e está investigando possíveis doenças, o parecer deste profissional. Portanto, trata-se de um instrumento muito importante e com papel fundamental para se chegar a um diagnóstico.

Laudo médico pericial judicial

Existem diversas situações que levam um profissional da saúde a emitir um laudo. Uma delas é quando um juiz de direito designa que um médico de uma determinada especialidade realize uma consulta a um paciente para investigação sobre determinado problema que o levou a uma medida judicial.

Isso pode ocorrer para comprovação de uma doença ou da gravidade de ferimentos, por exemplo, nas mais diversas situações criminais. Mas o laudo pericial é mais comumente utilizado na saúde ocupacional, quando, por exemplo, é solicitado que um médico avalie se a pessoa está apta ou não para exercer suas atividades profissionais.

O médico neste laudo vai avaliar a causa e efeito, principalmente, entre:

  • Doença ou lesão e a morte (definição da causa mortis);
  • Doença ou sequela de acidente e a incapacidade ou invalidez física e/ou mental;
  • O acidente e a lesão;
  • Doença ou acidente e o exercício da atividade laboral;
  • Doença ou acidente e sequela temporária ou permanente;
  • Desempenho de atividade e riscos para si e para terceiros.

Laudo médico com CID

CID é a sigla utilizada para Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Por isso, se esta sigla aparecer no laudo médico acompanhada de um número, refere-se a classificação da doença ou problema diagnosticado. Geralmente este número é utilizado na medicina do trabalho para não expor ou constranger o trabalhador.

Laudo médico para PCD 

A apresentação de laudo médico também é obrigatória no mercado de trabalho por pessoas com deficiência (PCDs). Por meio de exame e análise clínica o profissional deve atestar a deficiência, que deve ser especificada no documento por meio do código CID.

No laudo para PCD, além do código CID referente aos problemas do paciente, o médico deve detalhar quais são as limitações do mesmo. Isso é importante porque nem toda a deficiência, por exemplo, entra no sistema de cotas das empresas. Assim como para aferir se a pessoa está ou não apta para exercer determinada atividade.

Exemplo de laudo médico

modelo de laudo médicoPor meio do laudo são formuladas as hipóteses diagnósticas e por onde o médico que solicitou o exame irá se basear para indicar o tratamento adequado – levando em conta também a sua avaliação clínica feita durante a consulta. Por isso, é imprescindível que o documento seja preciso e bem feito.

Entre as informações contidas no laudo, podemos citar:

  • motivo da solicitação do exame;
  • nome completo do paciente;
  • clínica e médico solicitante do exame;
  • outras informações pertinentes do paciente (idade, peso);
  • técnica utilizada para o exame;
  • descrição detalhada do exame;
  • hipótese / impressão diagnóstica.

Com a atualização dos procedimentos e a utilização de tecnologias como a telemedicina, o laudo já pode ser realizado e enviado de forma online.

Pela telemedicina,  as clínicas contam com uma equipe de especialistas renomados, disponíveis em tempo integral para laudar os exames feitos em qualquer lugar do país.

Como ter um modelo de laudo médico via telemedicina

Ao trabalhar com laudos digitais realizados pela telemedicina, a clínica pode contar com facilidades que permitem aperfeiçoar seu fluxo interno e a entrega do documento aos pacientes. A tecnologia possibilita padronizar os procedimentos e criar um modelo único para cada estabelecimento.

Documento personalizado e legível

Os laudos online podem ser personalizados. Ao receber o arquivo digital do serviço de telemedicina, a clínica pode inserir sua logomarca e outras informações que achar importante no documento para ter um modelo exclusivo com sua identidade visual.

modelo de laudo médicoVale destacar que, em um setor cada vez mais competitivo, como o da saúde, criar uma identidade visual é indispensável para impactar parceiros e clientes e posicionar o negócio no mercado.

Com um documento padrão, sua clínica irá transmitir qualidade, confiança e estabilidade aos pacientes, além de facilitar a identificação da sua marca em variadas situações.

O laudo digital ainda traz benefícios como melhor legibilidade e organização das informações. Quando é elaborado manualmente, há o risco de ficar ilegível, comprometendo a compreensão do parecer médico. Contar com um laudo preciso é fundamental, portanto ao ser preenchido de forma digital, diretamente nos campos fornecidos pelo software de telemedicina, todas as informações do paciente estarão em um só lugar e armazenados de forma segura para o correto diagnóstico e tratamento do paciente.

guia prático

Agilidade na entrega

Além de ganhar um padrão em relação ao formato, o laudo via telemedicina também irá tornar mais rápidas as entregas, reduzindo o tempo entre a realização do exame e o retorno do resultado ao paciente.

modelo de laudo médicoA maior agilidade é proporcionada pela troca de informações online. Em empresas como a Portal Telemedicina, por exemplo, os dados do exame são enviados direto dos aparelhos para central de médicos. Os especialistas que integram a equipe remota podem acessar as informações a qualquer hora e lugar, inclusive por dispositivos móveis. Eles analisam o exame e preenchem os campos necessários para o laudo direto no software, tudo de forma online.

O laudo retorna no mesmo dia ou, em casos de urgência, em até uma hora após o envio do exame. Assim, a clínica pode imprimir o laudo e entregá-lo junto com as imagens e outros dados do exame ao paciente.

Com eficiência e qualidade, sua clínica ganha diferenciais competitivos que irão destacá-la no mercado. Pense a respeito e leve em consideração criar um modelo de laudo médico para otimizar seus procedimentos e melhorar o atendimento.

Para saber mais sobre como a telemedicina e os laudos online podem ajudar na gestão do seu negócio, acompanhe as atualizações do blog da Portal. Você também pode receber todos os conteúdos em seu email assinando gratuitamente nossa newsletter pelo site.

Referências bibliográficas

Perícia Médica, Elias Tavares de Araújo

 

 

portal telemedicina

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.