Exames fundamentais para monitoramento de Covid-19 e pós-Covid

7 min. de leitura

Os exames de raio-X de tórax e tomografia são ferramentas de avaliação e detecção do covid-19, já a espirometria é recomendada apenas para acompanhamento de pacientes já recuperados

A pandemia da Covid-19 aumentou a procura por exames fundamentais para o diagnóstico da doença e também para o acompanhamento de pacientes recuperados. Para conter o avanço do contágio, as redes de saúde voltam seus esforços em rotinas de segurança sanitária e aperfeiçoamento na realização de diagnósticos. Nessa força-tarefa alguns exames – também realizados por meio da telemedicina – contribuem na detecção e monitoramento da Covid-19.

Veja a seguir quais são esses exames e as boas práticas que devem ser adotadas na hora de realizá-los. Confira ainda mais informações sobre como a telemedicina auxilia na detecção e monitoramento de casos de Covid-19. 

Exames para monitoramento de Covid-19

Como o quadro da Covid-19 pode variar de assintomático para uma infecção respiratória mais grave, os pacientes que apresentam resultado positivo para o vírus devem ser assistidos com exames de imagem como radiografia e tomografia de tórax, dependendo dos sintomas apresentados.

Esses exames auxiliam o médico no diagnóstico e no prognóstico de Covid-19, sendo considerados fundamentais para acompanhar a evolução da doença em pacientes que estejam internados ou em recuperação. 

Em quadros clínicos com saturação de oxigênio baixa, falta de ar ou tosse intensa ou ainda em que a febre persiste, o exame de imagem mais indicado é a tomografia de tórax, exame que vai trazer detalhes da imagem pulmonar do paciente. 

Apesar de indicada para avaliar a função pulmonar, a espirometria não é indicada para ser feita em pacientes com Covid-19 na sua fase aguda. Inclusive, realizar o exame pode gerar risco de contaminação do ambiente.

Exames para acompanhamento pós-Covid-19

Como destacamos anteriormente, não há indicação de realização de espirometria em pacientes com Covid-19. Seu uso, no entanto, é aconselhável  após a fase aguda da doença – se caracterizado dano pulmonar.  Aqui, o exame de espirometria serve para o acompanhamento do paciente, com objetivo de avaliar possíveis sequelas pulmonares pós Covid-19.

Desta forma a espirometria, assim como a tomografia computadorizada de tórax, pode ser utilizada como ferramenta no acompanhamento a longo prazo destes pacientes.

Modelo de algoritmo da Portal ajuda a detectar indícios de Covid-19 em Raio-X e Tomografia

No início da pandemia de Covid-19, a Portal Telemedicina adaptou seus algoritmos para detectar o coronavírus em exames de imagem pulmonar (raio-x de tórax), com 95% de precisão. Desde então, o modelo vem acelerando o processo de diagnósticos de pacientes com suspeita de Covid-19 priorizando os atendimentos graves e agilizando o tratamento da doença.

Em até 10 minutos o médico consegue identificar casos suspeitos por meio de uma triagem automática de raio-x de tórax com foco em alterações relacionadas ao Covid-19 nos pulmões, como pneumonia, infiltração, efusão entre outras.

Essa solução faz uma varredura nos exames, checando se estão “normais” ou “alterados”, procura e, caso encontre, diferencia alterações relacionadas ao Covid-19 e acometimento pulmonar –  o que permite rapidamente isolar o paciente com suspeita da doença e iniciar os protocolos de cuidados necessários. 

O algoritmo desenvolvido pela Portal foi treinado a partir de uma base composta por mais de 30 milhões de diferentes imagens para identificar a Covid-19 a partir de qualquer aparelho de raio-x. Por ser um modelo armazenado na nuvem, pode ser acessado de qualquer lugar, por qualquer estrutura hospitalar, desde que haja acesso à internet. 

Além de fácil usabilidade, o modelo também oportuniza mais segurança nos diagnósticos ao realizar uma triagem automática nos exames alterados, posicionando esses casos para o início da fila e direcionando a atenção do corpo clínico aos quadros mais graves para atendimento prioritário.

Saiba mais: Portal Telemedicina lança Inteligência Artificial para detectar Covid-19 em exames de imagem 

Exames Covid-19 via telemedicina

Ao longo deste texto, falamos tanto de exames de imagem como tomografia, que podem ser usados no monitoramento de pacientes com Covid-19; quanto da espirometria, que pode servir para o acompanhamento pós- Covid. A boa notícia é que laudos de tomografia e espirometria também podem ser realizados via telemedicina trazendo mais agilidade e segurança ao diagnóstico e ao atendimento..

No caso da Portal Telemedicina, por exemplo, os  exames são realizados na sua clínica e enviados de forma on-line para uma central médica – formada por uma rede de médicos especialistas. Essas informações são lidas por algoritmos de inteligência artificial e machine learning que fazem uma triagem para priorizar exames alterados.

Nossa solução conecta com 90% dos equipamentos do mercado e diferentes sistemas, permitindo que o médico tenha acesso ao histórico do paciente, exames já realizados ou medicamentos que faz uso, por exemplo. Todo o fluxo de emissão do telelaudo é automático, com isso a fidelidade dos dados clínicos  do paciente é preservada.

Aqui na Portal os laudos são entregues no mesmo dia da realização do exame e em casos urgentes, podem levar apenas alguns minutos. Temos uma rede de especialistas aptos a laudar remotamente de qualquer região do Brasil, permitindo assim que médicos de centros de referência possam analisar exames realizados em cidades que não possuem acesso a alguma especialidade médica.

Se a sua empresa não possuir o equipamento, nós também disponibilizamos para clínicas e hospitais aparelhos médicos por aluguel ou venda. Nosso equipamento é certificado pela Anvisa.

Agende uma conversa com nossos consultores e conheça os benefícios da telemedicina para sua clínica.