Curso de eletroencefalograma: e-book mostra como realizar um EEG

3 min. de leitura

Procurando um curso de eletroencefalograma? Elaboramos um Guia Completo para Realização de um EEG para ajudar você que é da área de enfermagem a se tornar um técnico de referência no assunto.

Um dos exames mais requisitados, o eletroencefalograma é um procedimento não invasivo que pode detectar doenças e distúrbios cerebrais ou do sistema nervoso central, além de alterações vasculares.  

Ele é usado para ajudar no diagnóstico síndromes epilépticas, distúrbios do sono, transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), depressão, entre outros.

Mas um resultado de qualidade depende de inúmeros detalhes durante o procedimento de realização do exame. 

Interferências, tensão muscular do paciente, eletrodos mal colocados, entre outros erros podem comprometer o traçado e mascarar um resultado.

Além disso, se os estímulos necessários de acordo com o quadro clínico de cada paciente não forem conduzidos da forma correta e com o tempo adequado, o resultado do exame poderá ser até mesmo invalidado.

Por isso, trata-se de um exame que exige muito conhecimento técnico.

O que você encontrará neste guia

No Guia Completo para a realização de um EEG da Portal Telemedicina você encontra:

  • Passo a passo para realização de um exame de qualidade;
  • Qual a importância da anamnese neste procedimento;
  • No que consiste o sistema 10-20 de distribuição dos eletrodos;
  • Onde encontrar um curso e certificação na realização de eletroencefalograma;
  • E muito mais!

Baixe já o nosso material gratuito e comece a se especializar no EEG.

Conhecimento avançado

O Guia Completo para a realização do EEG é um passo a passo de acordo com o procedimento padrão do exame. Mas a forma de aplicar o procedimento e o tempo de duração varia de acordo com cada caso.

Descubra no nosso material por que a forma de estímulos e de gravação é diferente de um paciente para o outro. Veja também que tipo de cuidados são fundamentais para que nada interfira no traçado do exame.

Como o EEG consiste na gravação da atividade elétrica do cérebro, muitos fatores externos podem causar interferências e mascarar resultados. Por isso está muito suscetível a erros e o mercado hoje requer pessoas qualificadas à frente do exame.