Como a telemedicina ajuda a reduzir o absenteísmo nas empresas?

11 min. de leitura

Promover o bem-estar dos funcionários por meio do incentivo ao acompanhamento médico e psicológico é uma medida simples que gera resultados positivos para o negócio e para o seu time – o que reduz a taxa de absenteísmo e garante mais produtividade para a empresa. 

E neste cenário, os recursos de telemedicina são fortes aliados das empresas na hora de oferecer atendimento médico aos colaboradores. A telemedicina ajuda a diminuir problemas relacionados ao esgotamento físico e mental, rotatividade de funcionários e falta de motivação e engajamento.

Confira a seguir os benefícios da telemedicina e como ela pode contribuir com a redução da taxa de absenteísmo no seu negócio.

O que é absenteísmo?

O absenteísmo consiste, basicamente, na ausência ou atraso de um colaborador no trabalho. Embora qualquer negócio esteja sujeito a isso, quando frequentes, as faltas e os atrasos podem indicar problemas maiores, que acometem o funcionário de maneira individual, mas também refletem no desempenho da empresa.

É comum que o absenteísmo esteja relacionado a problemas com gestores e com o time, condições ruins de trabalho, e sentimentos de desvalorização. No entanto, as causas das ausências também podem estar ligadas a questões pessoais ou de saúde. 

Quando um funcionário passa por problemas de ordem física ou psicológica, ele tende a reduzir sua performance no trabalho. Com o tempo, além da queda no rendimento, tais problemas também acarretam faltas.  

A fim de controlar essas taxas e manter saudável não só o ambiente de trabalho, mas principalmente garantir o bem-estar dos colaboradores, o investimento em ferramentas de saúde e autocuidado se tornam cada vez mais necessários. 

Fatores que aumentam a taxa de absenteísmo nas empresas

Uma pesquisa realizada pela Levee, startup que usa a Inteligência Artificial para aumentar a produtividade nas empresas, revela que as 500 maiores empresas do Brasil deixam de ganhar R$ 230 milhões por ano com o absenteísmo. Deficiências no sistema produtivo, atrasos, faltas e alta rotatividade de funcionários estão entre as principais complicações. 

Conheça alguns fatores preponderantes para aumentar a taxa de absenteísmo nas empresas:

Problemas de trânsito

Chuvas, acidentes e a dificuldade com o transporte são os principais motivos para faltas e atrasos de funcionários.

O cansaço também figura nesta lista de aspectos negativos: quanto maior o tempo de deslocamento, mais estressados e cansados ficam os colaboradores, sendo menos produtivos ao longo do dia. 

A alta taxa de rotatividade também pode ser proveniente de problemas de trânsito. O estudo da Levee aponta que o turnover é de 40% ao ano nas grandes empresas – em muitos casos, o deslocamento físico é determinante para o funcionário trocar de emprego.

Saúde mental

Em uma sociedade marcada cada vez mais pelo esgotamento físico e mental, equilibrar saúde e alto desempenho no ambiente de trabalho pode ser uma tarefa difícil. Quadros de depressão, crises de ansiedade e diagnósticos de Burnout têm se tornado comuns e, quando associados a problemas físicos – causados ou não pelas atividades diárias –, tendem a aumentar as taxas de absenteísmo nas empresas. 

De acordo com o estudo Mental health and productivity at work: does what you do matter?, 5% da taxa de ausência entre os profissionais está relacionada a problemas de saúde mental, um cenário cada vez mais comum em todo o mundo. 

Como reduzir o absenteísmo?

Organizações que promovem ações voltadas à saúde e oferta de atendimento médico facilitado contam com um diferencial bem avaliado por colaboradores no mercado de trabalho. E isso reflete diretamente na motivação e no engajamento da equipe, contribuindo também para a redução da rotatividade. 

A telemedicina atua em diversas frentes para manter a saúde dos colaboradores em dia: auxilia no acompanhamento físico e mental, bem como na redução do tempo de deslocamento dos funcionários. 

Ao concentrar os exames ocupacionais dentro da própria unidade de saúde, a empresa reduz o tempo do colaborador no trânsito (espera por ônibus, ida, aguardar o atendimento e retorno). A teleconsulta evita que ele precise ficar em filas de pronto-atendimentos para consultas para casos leves que podem ser resolvidos remotamente.

A telemedicina também é uma alternativa eficiente para promover a prevenção de doenças recorrentes no ambiente de trabalho e oferecer acompanhamento psicológico aos colaboradores. O benefício pode ser complementar a outros como a assistência médica, sendo um recurso menos custoso e, em alguns casos, mais eficiente.

Confira também: Como a telemedicina ajuda empresas de saúde ocupacional na pandemia 

Benefícios da telemedicina

Muitas vezes e por razões variadas – que vão desde o excesso de trabalho até o medo de um gestor – os colaboradores ignoram alguns sintomas manifestados por seus corpos e deixam de procurar um especialista para entendê-los. 

A longo prazo, porém, um quadro leve pode se intensificar e causar problemas maiores. É por esse motivo que a prevenção é o grande benefício que a telemedicina oferece.

Quando um funcionário tem acesso a uma plataforma online para pequenas consultas, por exemplo, ele passa a se conectar de maneira mais fácil e rápida a médicos de qualidade para melhor acompanhamento da sua saúde. 

O resultado é um time mais saudável, capaz de antecipar problemas complexos de saúde, e com mais qualidade de vida, decorrente da comodidade oferecida pelo recurso. E ainda existem outros benefícios:

Auxilia na saúde mental

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, o Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18.6 milhões (9,3% da população) e é o quinto com mais quadros de depressão.

Oferecer um serviço de psicologia virtual é uma maneira simples e eficaz de colocar o time em contato com profissionais especializados, prontos para oferecer auxílio e orientação e, consequentemente, combater esses quadros. Além de gerar resultados positivos para a empresa, o recurso garante o bem-estar do colaborador, peça fundamental na estrutura de qualquer negócio.

Oportuniza a medicina preditiva

Diferentemente da medicina preventiva, em que a orientação para hábitos saudáveis e os diagnósticos precoces ajudam a reduzir o contágio de doenças, a medicina preditiva ajuda a identificar a predisposição de uma pessoa a desenvolver uma determinada doença. 

Ao traçar perfis e hábitos com base no histórico pessoal e familiar, é possível se antecipar a futuros problemas que podem acometer um colaborador e que o afastariam por um longo período de suas funções.

Além disso, empresas que oferecem teleconsulta e utilizam os dados para gerar relatórios personalizados têm maior controle sobre sua saúde populacional, podendo atuar sobre os problemas mais frequentes através de programas de promoção à saúde e incentivo a consultas preventivas. 

Saiba mais: Portal Telemedicina oferece serviço de emissão de relatórios de saúde populacional para empresas

Garante laudos mais ágeis

Empresas que aderem à tecnologia de emissão de laudos possibilitam que os colaboradores tenham acesso aos diagnósticos de seus exames de maneira virtual. Além de comodidade e praticidade, o serviço atua na etapa preventiva de possíveis doenças identificadas.

Em grandes empresas que possuem uma enfermaria interna, o recurso ainda ajuda a reduzir as taxas de absenteísmo, por evitar ausências decorrentes de deslocamentos para exames de rotina. 

Saiba mais: Saúde ocupacional: como a telemedicina ajuda na redução de custos da sua empresa? 

Aumento da produtividade

Nem sempre há oferta de clínicas em endereços convenientes, por isso, o fator deslocamento torna-se um problema para o colaborador e para a empresa. 

Muitas vezes, o colaborador negligencia sua saúde ao evitar consultas de rotina. Além disso, o tempo de percurso entre casa, consultório e empresa pode afetar seu desempenho no trabalho. Para as empresas, o deslocamento também é um problema, afinal, o tempo de ausência de um funcionário pode impactar suas entregas e atividades diárias. 

Quando a empresa usa a telemedicina para realizar os exames ocupacionais dentro do próprio negócio, ela evita o deslocamento dos funcionários, melhora o gerenciamento e oferece laudos padronizados com acesso a médicos renomados.

Para uma grande fábrica, por exemplo, é uma forma de evitar que milhares de funcionários reduzam o tempo necessário para realização desses exames que às vezes leva o dia todo por minutos ou horas

Saiba mais: Vantagens da telemedicina para saúde ocupacional  

Conclusão

Fazer o acompanhamento periódico da saúde, seja física ou mental, ajuda a prevenir doenças futuras. Quando incentivado pelas empresas, contribui ainda com o bem-estar e rendimento do time. 

Nesse cenário, as tecnologias oferecidas por serviços como o da teleconsulta se tornam aliadas dos negócios, oferecendo benefícios práticos e eficazes aos colaboradores ao prevenir doenças e, consequentemente, reduzir as taxas de absenteísmo. 

A Portal Telemedicina oferece, por meio do SOS Portal, uma solução completa para que as empresas façam o controle e promoção de cuidados com a saúde de seus colaboradores. 

Além da plataforma para atendimentos via teleconsulta, a Portal disponibiliza ainda uma série de recursos de telemedicina, como a emissão remota de laudos. 

Para saber mais sobre como o atendimento remoto gera benefícios para a saúde do seu colaborador e do seu negócio, acesse o Guia de Teleconsulta para Empresas.