A concorrência acirrada e a disputa por clientes também fazem parte do dia a dia das clínicas médicas. O mercado competitivo não é mais exclusividade de alguns setores e já atinge em cheio o segmento de prestação de serviços de saúde. Para se destacar em meio a tanta oferta e atrair público, vale a pena lançar mão das estratégias de marketing para clínicas médicas.

Ao planejar e utilizar corretamente algumas táticas, é possível divulgar de maneira eficaz as competências e os serviços que a clínica oferece e deixar seu negócio em evidência no mercado. Apresentando de forma assertiva seus diferenciais e pontos fortes, os clientes têm mais chance de reconhecer a qualidade e a credibilidade da sua clínica médica, bem como procurar e indicar seus serviços.

No artigo de hoje, vamos tratar de algumas práticas de marketing para clínicas médicas que podem gerar resultados bastante positivos e alavancar seu negócio, sem deixar de lado os aspectos éticos exigidos pela categoria.

 

O Manual de Publicidade Médica é a referência

É importante que, antes de iniciar qualquer divulgação, você conheça bem o Manual de Publicidade Médica que estabelece as regras de divulgação dos serviços médicos e de saúde. O marketing para clínicas médicas precisa ser feito com muita cautela, pois não se pode fazer propagandas sensacionalistas ou que possam confundir ou constranger o paciente.

Por exemplo, não é permitido utilizar fotos de pacientes em materiais promocionais ou fazer ‘selfies’ com os clientes durante o atendimento. Imagens do “antes e depois” de procedimentos também são proibidas. Ao falar sobre tratamentos e equipamentos, deve haver cuidado com o tom da mensagem para não dar a entender que o resultado é garantido ou usar expressões como “o melhor”, “o mais eficiente”, “o único capacitado” para tal funcionalidade/especialidade. Também não se pode conceder descontos como forma de diferencial ou de promoção dos serviços.

É imprescindível lembrar que a publicidade médica não pode ser comparável à publicidade de produtos e práticas meramente comerciais e deve obedecer a princípios éticos de orientação educativa. Afinal, neste momento, você estará falando com pessoas que podem estar fragilizadas ou buscando a resolução de algum tipo de problema. Elas enxergam sua clínica como um meio para ajudá-las. É preciso ter cautela para não se aproveitar desta vulnerabilidade para benefícios comerciais.

Conhecendo as regras, serão evitadas propagandas indevidas e punições pelo Conselho Federal de Medicina.

 

Conheça seu público e aprimore o marketing para clínicas médicas

Agora, é preciso saber quem são seus clientes. Levante o máximo possível de informações sobre seu público: qual a faixa de idade, se são mais homens ou mais mulheres, qual a região (cidade, bairro) onde moram, qual a faixa de renda, quais as especialidades mais procuram etc. Se você busca conhecer melhor os frequentadores da sua clínica, quais as suas necessidades e o que esperam dos seus serviços, você vai entendê-los com maior facilidade e atendê-los bem.

É possível fazer este levantamento de dados deixando um breve questionário para ser aplicado pelas atendentes da recepção. Outra opção, é pedir o e-mail dos clientes na primeira visita ao preencher o cadastro e enviar um questionário posteriormente para aqueles que tiverem interesse em responder.

Conhecer seu público traz diversos benefícios. Entender seus comportamentos e necessidades pode ajudá-lo a fazer a gestão da clínica com maior foco nas necessidades deles. Por exemplo, digamos que ao fazer essa pesquisa você descobre uma demanda grande de clientes que necessitam realizar exames de  eletrocardiogramas periodicamente. Com base nessa informação, você pode expandir a oferta deste exame cardíaco, trabalhando com o apoio de laudo remoto, por exemplo.

 

É preciso comunicar 

Já falamos aqui no blog sobre os benefícios da comunicação na saúde. Mas, depois de organizar a gestão e o clima do seu time de colaboradores, agora você precisa falar com seus clientes, atuais e futuros. O primeiro passo é pensar em um bom site, que é o cartão de visitas na internet e onde muito provavelmente seu negócio será buscado. Pesquisas revelam que localizar marcas, produtos, serviços já representa  de 60% a 70% das pesquisas em sites, redes sociais e buscadores como o Google.

Por isso, as informações devem estar atualizadas. Elas precisam ser encontradas facilmente, junto com os meios de comunicação com a sua clínica  – telefone, e-mail, Whatsapp.

Além de ter um bom site, crie páginas e perfis de negócios em redes sociais como Facebook, Instagram etc. Não é necessário estar presente em todas as redes sociais. Opte por uma na qual seus clientes estejam mais presentes. Elas aproximam seu negócio do público. Você pode dar dicas de saúde, serviços, novidades, lembretes. Estes canais serão mais uma forma de lembrarem e criarem afinidade com sua clínica. Mas lembre-se que o conteúdo precisa ser atrativo e relevante para quem estiver ‘seguindo’ sua página e deve ser atualizado com frequência.

 

Reforce seus diferenciais

Depois de conhecer seu público e criar canais para estar próximo e levar informações até ele, é hora de mostrar seus diferenciais e pontos fortes. Neste momento, eles são seu maior ‘ativo’. A inovação e tecnologia são grandes atrativos e funcionam muito bem como ferramenta de marketing para clínicas médicas.

Por exemplo, uma clínica que usa a telemedicina para entrega de laudos e exames chama a atenção pela agilidade e credibilidade do corpo médico para diagnósticos, estimula o boca a boca e ajuda a trazer novos clientes. Use esse diferencial na sua comunicação e reforce-o no atendimento aos pacientes. Certamente esse tipo de tecnologia chama a atenção.

Além da tecnologia como diferencial, destacamos alguns detalhes que podem fortalecer a imagem da sua clínica:

  • O bom atendimento, durante todo o ciclo da consulta, desde o lembrete do dia e horário agendados;
  • Atenção e cordialidade dos atendentes e médicos;
  • Tempo de espera reduzido. Nesse quesito, a tecnologia pode ajudar agilizando a entrega de exames e laudos, por exemplo.
  • E até um contato posterior para saber como está o paciente ou avaliar o atendimento. 

Impulsione seu site e suas redes sociais

Ter conteúdo próprio de qualidade é sem dúvida a melhor forma de conquistar o público e aumentar o alcance do seu negócio no mundo digital. Mas esta é uma estratégia de marketing para clínicas médicas que funciona bem a longo prazo. Para um impulsionamento mais rápido de seu site e suas redes sociais existem ferramentas que em pouco tempo e com baixo valor de investimento alavancam sua marca.

Um das mais conhecidas é o Google Adwords, de links patrocinados no buscador online, que elevam seu site para a primeira página das buscas. Os anúncios do Google são mostrados para quem efetivamente está buscando pelo assunto. São usuários que já estão considerando soluções para um problema.

Também é possível patrocinar sua página/perfil de negócios ou mesmo posts individuais nas redes sociais. Os ‘Ads’ do Facebook, Instagram, YouTube, Twitter, Linkedin etc são facilmente visualizados pelos administradores das contas e é possível montar e divulgar um anúncio rapidamente. Com posts patrocinados nas redes sociais, atinge-se possíveis clientes que ainda estão em estágios bem iniciais de interesse em determinado assunto.

Como este é um tema bastante específico, vale a pena buscar uma consultoria especializada em marketing digital. Um especialista poderá traçar as estratégias mais adequadas com resultados de divulgação mais efetivos para sua clínica.

 

Continue acompanhando os conteúdos da Portal Telemedicina e aprenda mais sobre gestão de clínicas médicas e laudos à distância.

 

Imagem 1 – Diseñado por Freepik
Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2016 © Copyright - Portal Telemedicina Por Vitalweb

Entre em contato TEL: (11)2538-1455 | (11)2476-5710